Psicologia

Sobre o Programa

ATENÇÃO PARA PROCESSO SELETIVO PARA DOUTORADO

SELEÇÃO DISCENTE ESPECIAL – Prorrogada até dia 30 de março!

Esta Chamada tem por objetivo selecionar candidatos sem vínculo empregatício para preenchimento de vagas de bolsas ofertadas pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (FAPEG) por meio do Edital nº 18/2020 CAPES – PDPG – Parcerias Estratégicas nos Estados;

Para desenvolvimento pesquisas relacionadas às temáticas relacionadas ao Projeto Institucional “Consolidação do Sistema de Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás, em apoio à produção ambientalmente sustentável da cadeia produtiva da cana-de-açúcar no Estado de Goiás“. No caso da Psicologia prevê a concessão de 10 bolsas de Doutorado, conforme os objetivos explicitados no item 3.7 do Edital.

Apesar de prever a inscrição de discentes novos, discentes de Doutorado ingressantes em 2021, sem vínculo empregatício, podem participar, conforme item 10 do Edital. Para tanto, os discentes interessados deverão adequar seu projeto para se enquadrar em  um dos objetivos constantes do Edital.

Acesse as informações de Inscrição na aba Processo Seletivo.


 

O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia é reconhecido pela CAPES (Portaria MEC 1077, de 31/08/2012, DOU 13/09/2012, seção 1, p. 25). O Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia tem como Área de Concentração em Psicologia, sendo esta estruturada em três linhas de Pesquisa para os ingressantes até 2017: Análise e Evolução do Comportamento, Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações, Psicopatologia Clínica e Psicologia da Saúde. Para os ingressantes a partir de 2019, a estruturação as linhas de pesquisa foram ancoradas em pontos centrais que convergem diferentes projetos e produção de conhecimento. Com isso, o programa manteve sua Área de Concentração em Psicologia, com três Linhas de Pesquisa, denominadas: Análise do Comportamento; Saúde: Processos, Avaliação e Intervenção; e Processos Psicossociais.

 

Histórico

O PSSP teve início em 1999, com o curso de mestrado em psicologia. O início do programa ocorreu em um período em que o curso de graduação em psicologia da PUC Goiás era o único em toda a região Centro-Oeste, exceção feita àqueles já existentes na Universidade de Brasília e CEUB. Os primeiros anos do PSSP foram marcados pela expansão concomitante da oferta de ensino de graduação e especialização em psicologia na região e, como decorrência direta disto, do aumento gradual da demanda por formação em nível de pós-graduação stricto sensu. O PSSP converteu-se em alvo natural desta demanda, sendo os primeiros anos do programa caracterizados por intenso trabalho de orientação, dentre aquelas atividades previstas para a formação de mestres em psicologia.

O processo contínuo de reestruturação levou à atualização das linhas de pesquisa, sempre em busca da consolidação do programa. Com isso, o relativo sucesso da estrutura do programa foi verificado pelo 1) aumento da produção docente qualificada (artigos em periódicos Qualis internacionais e nacionais, livros, capítulos de livros e trabalhos completos em anais de eventos relevantes), e 2) a manutenção de um alto índice de defesas dentro de prazos próximos aos 24 meses regulares para o mestrado, instigou a elaboração de um projeto de curso de doutorado para o programa. O projeto foi aprovado em meados de 2006 e as vagas para doutoramento no PSSP foram abertas no processo seletivo discente de 2007. Com o início do curso de doutorado e o consequente aumento das exigências sobre a estrutura vigente para a plena viabilização do curso, o Colegiado do PSSP deu início a novo processo de reestruturação do programa.

Essa reestruturação foi pautada, até certo ponto, pelo resgate de certos aspectos que eram característicos da proposta original do programa. Assentou-se sobre o entendimento de que o PSSP poderia se organizar mais adequadamente como um Programa com área de concentração geral, sendo as três subáreas tradicionais do Programa convertidas em linhas de pesquisa. Assim, a estrutura do PSSP veio a ser definida por uma área de concentração: Psicologia, e três linhas de pesquisa: Análise e Evolução do Comportamento; Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações; e Psicopatologia Clínica e Psicologia da Saúde. Essa estrutura permitiu um determinado nível de integração entre as linhas, com disciplinas comuns e disciplinas específicas, possibilitando ao discente de uma linha a inserção em disciplinas e projetos das demais linhas de Pesquisa.

Clique aqui para acessar o guia do PSSP – Contém as principais informações referentes a formas de participação ou ingresso e sobre os critérios atuais para realização de Mestrado e Doutorado em Psicologia no PSSP. Em virtude de processo de atualização do programa, alguns critérios podem ser alterados para o próximo ano.

No último quadriênio (2013-2016), o Programa recebeu nota 4 na avaliação feita pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), fundação vinculada ao Ministério da Educação do Brasil – Portaria 656/2017.

Atualizado em 20/05/2017 – CPD/INTERNET