Método Avaliativo

A avaliação discente segue as normas estabelecidas para todos os cursos da PUC Goiás, de forma contínua, por meio de exercícios, trabalhos práticos, projetos, relatórios, painéis, seminários, pesquisas bibliográficas e de campo, estudos de caso, entrevistas, provas e outras atividades correlatas, de modo a garantir a avaliação dos processos de ensino e aprendizagem. O aproveitamento acadêmico é expresso em graus numéricos de zero a dez, computados até a primeira casa decimal.

No início de cada semestre, o aluno recebe o plano de ensino das disciplinas que contém: ementa, objetivos, conteúdo programático, metodologia, critérios de avaliação, de atribuição de notas e de frequência, a modalidade de trabalhos acadêmicos desenvolvidos, o cronograma para entrega, apresentação e devolução dos mesmos.

O processo avaliativo no semestre é realizado, no mínimo, por meio de 4 (quatro) avaliações que compõem a nota final de cada disciplina. Essas avaliações são organizadas em dois conjuntos, sendo que, em cada um, constam, no mínimo, duas avaliações resultantes de uma ou mais atividades acadêmicas. A nota resultante do primeiro conjunto de avaliações, cujo grau máximo é de dez pontos, terá valor equivalente a 40% (quarenta por cento) para composição da nota final. A nota resultante do segundo conjunto de avaliações, cujo grau máximo é de dez pontos, tem valor equivalente a 60% (sessenta por cento) para composição da nota final. A nota de cada disciplina resulta da média ponderada das duas notas mencionadas, conforme a seguinte expressão:

NF = 0,4 N1 + 0,6 N2 onde:

NF = Nota Final

N1 = Nota resultante do primeiro conjunto de avaliações e

N2 = Nota resultante do segundo conjunto de avaliações

Será considerado aprovado em uma disciplina, o aluno que obtiver a frequência mínima legal (75%) e Média Final igual ou superior a 6,0 (seis).

Além da avaliação específica das disciplinas, a PUC Goiás implantou, em todos os seus cursos de graduação, a Avaliação Interdisciplinar (AI), criada pela Resolução CEPEA n. 004/2011. A estrutura da AI viabiliza aos discentes a percepção de temas comuns entre as disciplinas e a compreensão da própria natureza do curso, possibilitando-lhes questionamentos e entendimentos, com maior propriedade, de aspectos relacionados à sua formação profissional e de que maneira ela se insere nos contextos social, econômico, político e cultural da vida social.

Essa avaliação corresponde a 1,0 (um) ponto da nota N2, de acordo com a Resolução n. 03/2012 CEPEA-CG. As questões que compõem a avaliação são elaboradas em conjunto pelos professores do colegiado do Curso, buscando abordar, de forma interdisciplinar, os conteúdos ministrados nas disciplinas do Curso, com ênfase na matriz de habilidades e competências.