Eventos

O IGPA promove sistematicamente diversos eventos de âmbito regional, nacional e internacional, tendo como finalidade promover discussões acerca das pesquisas arqueológicas e antropológicas desenvolvidas, bem como refletir sobre a gestão e a preservação dos patrimônios arqueológicos, etnográficos e histórico- culturais, além de fomentar debates sobre as múltiplas realidades vividas pelos grupos indígenas no Brasil, no sentido de valorizar a diversidade étnica e cultural.

 

XVIII Congresso da Sociedade de Arqueologia Brasileira 

conteudoimagem_1424968192_1_1_congresso_SAB_horizontal

Esta reunião da Sociedade de Arqueologia Brasileira, de caráter comemorativo, uma vez que a SAB completará 35 anos, está sendo realizada na Puc Goiás com o apoio do IGPA. A Sociedade foi fundada em 1980, em Goiânia, no campus I da Universidade Católica de Goiás (hoje PUC-GO). A escolha do local do congresso tem significado especial na trajetória da SAB e da própria arqueologia brasileira.

Visite o site do Congresso.

Apresentação da Coleção Jesco von Puttkamer aos acadêmicos de arqueologia

05No dia 18 de Setembro, às 18:45 h no Auditório da Área II, os alunos do Curso de Arqueologia da PUC Goiás estão convidados a conhecer um pouco mais sobre o acervo audiovisual – Coleção Jesco Puttkamer.

A Profa Leila Miguel Fraga, coordenadora do curso, apresentará as importantes facetas da obra deste documentarista que registrou por mais de 30 anos diferentes sociedades indígenas do Brasil.

Este acervo é considerado completo, constituído por diversos suportes: imagens fotográficas (em slides, negativos e ampliações), diários de campo, fitas sonoras, películas de filmes e documentos avulsos. Esta coleção foi premiada pelo IPHAN – Premio Rodrigo Melo Franco de Andrade, pela UNESCO – Programa Memória do Brasil e UNESCO – Programa Memoria da América Latina e Caribe.

Ações Educativas e de Qualificações Interculturais para a Coleção Jesco von Puttkamer

O Projeto Ações Educativas e de Qualificações Interculturais para a Coleção Jesco von Puttkamer, contará com a participação de representantes de grupos indígenas que estão representados na coleção. A qualificação se estenderá também para a identificação de objetos da cultural material dos grupos contemplados no acervo etnográfico conservado no Centro Cultural Jesco Puttkamer.

Professores Mário  Arruda e Marlene Ossami com os representantes da Nação Metuktire, trabalhando na qualificação da Coleção Jesco Puttkamer.

Professores Mário Arruda e Marlene Ossami com os representantes da
Nação Metuktire, qualificando a Coleção Jesco Puttkamer.

O projeto tem duração de dois anos e por meta a qualificação inicial do material audiovisual de quatro grupos indígenas. Este projeto é considerado o modelo para a qualificação do restante do material acervado referente aos demais grupos indígenas documentados. A partir dos resultados obtidos serão buscados novos recursos que permitam a continuidade do trabalho.

Exposição:

Diferentes e Iguais: Diversidade dos Povos Indígenas no Brasil

Centro Cultural Jesco Puttkamer (Av. T3, 1732, St. Bueno)
28 de Outubro de 2014 / 9:30hs