Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

Cultivo de bactérias do bem

Oficina para saúde intestinal na Estação Gourmet

O senso comum imagina que as bactérias não trazem nenhum benefício para os seres humanos, mas não é bem assim. Para esclarecer melhor esta questão, a professora Aida Bruna Camozzi, e um grupo de alunos do Curso de Nutrição realizaram, ontem, uma palestra sobre nutrição funcional, na V Jornada da Cidadania.

Os participantes do evento conheceram os probióticos: bactérias que consumidas em quantidade suficiente promovem benefícios ao organismo, como o funcionamento regular do intestino, a resistência imunológica, a criação de uma barreira intestinal íntegra, saciedade, e diminuição da resistência à insulina.

A ausência dessas bactérias pode ocasionar funcionamento anormal do intestino, diarreia, intolerância e alergias, aumento na resposta inflamatória. Bem como o aumento do risco de doenças cardiovasculares (DCV), obesidade, hipertensão arterial sistêmica (HAS), diabetes e dislipidemias e até depressão e permeabilidade instrucional.

Ainda explicou que essas bactérias podem ser encontradas em iogurtes, kefis, kambucha e comercializados como o Yakult ou feito em casa. Os cuidados com eles são em relação à higiene, e refrigeração. Os iogurtes naturais podem ficar até três dias na geladeira, se for o doce com frutas secas. Já no caso dos iogurtes salgado, servido em molho de salada, devem ser consumidos na hora, e não podem ficar sem refrigeração. A oficina terminou com a degustação dos iogurtes salgado e doce.

Maria Eduarda Aires Guimarães Figuieredo Borba – 1º período do Jornalismo

Edição: professora Carolina Goos e Luiz Carlos Fernandes

 

One Comment

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.