Share, , Google Plus, Pinterest,

Print

Posted in:

Cuidados com a saúde do corpo e da mente

Palestras, orientações, exames e encaminhamentos para acompanhamento na rede pública de saúde ou na Clínica Escola da PUC. Estes são alguns dos serviços ofertados à população na Estação Saúde, instalada na Jornada da Cidadania 2018, da Pontifícia Universidade Católica de Goiás.  No local o público ainda conta com cultura, diversão, relaxamento, incentivo à prática esportiva, além de cuidados com a beleza, em um ambiente interativo e, o melhor, com acesso gratuito.

A média de exames oftalmológicos durante a Jornada, por exemplo, está em torno de 1.400 atendimentos. O Dr. Itaciron Luiz Azeredo, 30 anos, é ex- aluno da PUC e já participou da Jornada quando ainda estava em formação. ”É uma alegria e honra estar aqui fazendo essa prestação de serviço tão útil.”  O trabalho, que é uma parceria com a Prefeitura de Goiânia e o SUS, encaminha casos mais complexos e principalmente detecta doenças graves, como a catarata, ainda no início. Dona Carmen Lucia Alves Góes, 50 anos, disse que foi  muito bem atendida e saiu satisfeita do consultório com a receita do óculos em mãos. “Há dois anos precisava fazer o exame e somente agora tive a oportunidade graças à Jornada”.

Testes de glicemia encaminharam cerca de 10% dos atendidos durante o primeiro dia para acompanhamento médico. “O balanço é positivo e mais de 500 testes executados em apenas um dia”, comemora a biomédica e professora Karlla Penha, que ressaltou a importância da atenção com a prevenção.

Segundo a professora Maria Eliane Matão, que também atuou no espaço, mais de 400 aferições de pressão foram feitas apenas no primeiro dia, com 7 encaminhamentos para o cardiologista. Também houve orientações sobre hidratação e nutrição adequadas para o controle da pressão arterial e a prevenção a infartos e outras doenças cardíacas.

O Programa Saúde da Mulher, que também marcou presença no estande, contou com fisioterapia íntima, através de orientação e exercícios de fortalecimento do assoalho pélvico, que muito auxiliam para tratar a incontinência urinária na mulher.

Na área da psicologia, foram realizados serviços como testes lúdicos, orientações na área e rodas de conversa com temas variados para instruir a população acerca do cuidado com a saúde mental. Muitas das iniciativas contaram com a parceira da UFG.

Texto: Lorhane Filgueira (5º período de Jornalismo)

Edição: Rogério Borges (Professor de Jornalismo)

172 Comments

Leave a Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.