Programa Sócio Ambiental

Prosa

O Programa Socioambiental e de Economia Solidária – PROSA promove ações de diálogo, comunicação do conhecimento, preservação e documentação na área socioambiental e de economia solidária norteada por fundamentações científicas e voltada à produção e divulgação do conhecimento, ao desenvolvimento da cidadania e da consciência socioambiental da comunidade.

2- OBJETIVOS

  • Propor parcerias, convênios e captação de recursos para implantação de projetos socioambientais e de economia solidária;
  • Propor projetos/oficinas que permitam a sociedade à compreensão da Educação Ambiental e seus métodos de trabalho;
  • Propor projetos/oficinas de racionalização do uso dos recursos naturais em atividades voltadas à inclusão social, considerando a reciclagem de materiais, resíduos sólidos urbanos;
  • Produzir material didático para educação ambiental e economia solidária;
  • Realizar ações voltadas à educação alimentar baseada no modelo de vida saudável e de baixo custo, valorizando o aproveitamento total dos alimentos em comunidades carentes ou instituições filantrópicas;
  • Implementar grupo de estudo voltado a Educação Ambiental e Gerenciamento de Resíduos;
  • Promover debates ambientais junto ao publico discente da PUC Goiás por intermédio de sessões de cinemas ambientais;
  • Promover a capacitação de discentes ligados ao PIBID da PUC Goiás a partir de temáticas vinculadas a questões socioambientais e de economia solidária.

 3) ACÕES E PROJETOS

3.1 Reuniões de Planejamento das Atividades a Serem Realizadas e Elaboração de Termos de Cooperação com as Equipes Parceiras do Programa.

Parcerias do PROSA:

– SESC GOIÁS (Serviço Social do Comércio Administração Regional no Estado de Goiás): Programa Mesa Brasil. O Programa Mesa Brasil do SESC GOIAS é uma associação civil, de direito privado, sem fins lucrativos e não econômicos de caráter social, com objetivo de contribuir para a promoção da cidadania e a melhoria da qualidade de vida de pessoas em situação de pobreza, em uma perspectiva de inclusão social, com sede no município de Goiânia, Estado de Goiás, na Av. Vera Cruz Esquina com Caravelas s/n, Quadra 45, Lt 01 a 06, Jardim Guanabara – CEP 74675-830.

– Projeto Inclusão pelo Verde (Projeto executado pelas seguintes entidades: Associação Pestalozzi de Goiânia – APG; Secretaria Municipal de Cultura – SECULT e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Científico e Tecnológico e de Agricultura, Pecuária e Irrigação – SED);

– CECOM (Centro de Educação Comunitária de Meninas e Meninos da PUC Goiás): É um espaço de convivência comunitária de crianças, adolescentes, famílias e desempregados, sendo referência de apoio, entre outros, aos bairros das regiões Mendanha e Noroeste de Goiânia e dos Municípios circunvizinhos. É um Centro dedicado à promoção da cidadania de crianças, adolescentes, jovens, família e comunidade em geral.

– UNATI (Universidade Aberta à Terceira Idade): Faz parte do Programa de Gerontologia Social da PUC Goiás, o qual está inserido na Coordenação de Estágio e Extensão (ETG/PROEX), tem como objetivo possibilitar às pessoas adultas e idosos o acesso à Universidade, na perspectiva da educação continuada.

 3.2  Oficina de Educação Ambiental

– Estimular a arte, o teatro, a brincadeira, a espontaneidade e a criatividade sobre as questões socioambientais;

– Promover o conhecimento sobre as legislações às políticas ambientais;

– Promover a discussão sobre os impactos ambientais e o papel da sociedade na defesa da qualidade e sustentabilidade do meio ambiente.

As oficinas de educação ambiental serão realizadas através de teatros, mesa redonda, brincadeiras, apresentação de vídeos, filmes e palestras nas dependências da Pontifícia Universidade Católica de Goiás e/ou nas dependências das entidades parceiras do Programa. As ações serão realizadas semanalmente nas diferentes parceiras (público alvo) do Programa.

3.3 Racionalização do Uso dos Recursos Naturais: Gerenciamento de Resíduos Sólidos

Promover a discussão com a comunidade externa e interna da PUCGOIÁS sobre a não geração, redução, reutilização, reciclagem, tratamento dos resíduos sólidos e disposição final ambientalmente adequada dos rejeitos e o papel da sociedade na responsabilidade compartilhada. As oficinas de gerenciamento de resíduos sólidos serão realizadas através de teatros, mesa redonda, brincadeiras, apresentação de vídeos, filmes e palestras sobre a temática abordada, nas dependências da Pontifícia Universidade Católica de Goiás e/ou nas dependências das entidades parceiras do Programa. As ações serão realizadas semanalmente nas diferentes parceiras (público alvo) do Programa.

3.4 Oficina de Horta Sustentável

Ensinar práticas de cultivo simples e sustentável de hortaliças, legumes e ervas aromáticas. Ao longo das oficinas serão oferecidas aulas teóricas e oficinas práticas que dentre as quais destacam-se: aula teórica sobre manipulação, higienização e preparo dos alimentos, preparo da horta – escola (local onde são desenvolvidas as aulas práticas), aula teórica sobre o preparo e o cultivo de hortas, oficinas práticas de preparo da horta e de mudas, aula teórica e oficina prática sobre compostagem, preparo de material didático sobre hortas sustentáveis e elaboração de mudas e oficinas práticas sobre culinária. As ações serão realizadas semanalmente nas diferentes parceiras (público alvo) do Programa.

3.5 OFICINA DE ANÁLISE AMBIENTAL POR GEOPROCESSAMENTO

            Pela percepção da falta de conhecimento de metodologias de análise ambiental e, sobretudo, pela falta de domínio na utilização de programas de Geoprocessamento e sua aplicação na análise ambiental é que se apóia a idealização dessa ação. A proposta da ação de oficinas de Análise Ambiental por Geoprocessamento tem como público alvo os discentes dos cursos de Geografia, Engenharia Ambiental, Gestão Ambiental, Arquitetura, Biologia e demais cursos vinculados à Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

Por meio de encontros quinzenais que ocorrerão no Laboratório de Geoprocessamento da Escola de Formação de Professores e Humanidades da PUC-GO, inicialmente serão trabalhados alguns textos clássicos e outros atuais que abordem metodologias de análise ambiental. Nos encontros que seguem, os alunos serão instrumentados com relação ao manuseio de programas de Geoprocessamento, especificamente o ArcGIS, segundo o qual serão orientados a aplicarem as metodologias de análise ambiental em estudos de caso.

3.6 – Grupo de Estudos Socioambiental

A necessidade de implementação de uma rotina de leitura e discussão de textos clássicos e outros atuais de referência na área socioambiental se pauta como justificativa pra a implementação dessa ação.Portanto o objetivo do grupo de estudos é promover um espaço de aprimoramento da formação acadêmica dos alunos da PUC-GO, por meio da leitura, análise e discussão de bibliografias na área de Geociência, com ênfase na temática de Análise Ambiental, e por meio da elaborados ação de trabalhos e artigos científicos para divulgação em congressos científicos.

Por meio de encontros quinzenais realizados no Laboratório Didático de Cartografia da Escola de Formação de Professores e Humanidades da PUC-GO, em que os discentes se apresentam após a leitura do texto indicado no encontro anterior, é feita a análise, discussão e reflexão dos conteúdos abordados nos materiais bibliográficos. Maior ênfase é destinada à temática da análise socioambiental.

3.7 PROMOÇÃO DE DEBATE JUNTO AOS DISCENTES DA PUC GOIÁS, ATRAVÉS DO “CINE AMBIENTAL” PARA A DISCUSSÃO SOBRE A RACIONALIZAÇÃO DOS RECURSOS NATURAIS

No âmbito da necessidade de desenvolvimento de uma percepção finita dos recursos naturais, tão necessários à sobrevivência da raça humana, é que se ampara a proposta de debates juntos à exibição de filmes envolvendo a temática ambiental.

Com a utilização de espaço que possua recurso audiovisual compatível com a proposta, serão exibidos filmes com as temáticas ambientais (inicialmente a animação Wall-E que trata da sustentabilidade da disposição de resíduos sólidos e, num segundo momento, com a exibição do filme nacional Trash – que trata da questão da coleta e reciclagem de lixo como forma de economia para algumas classes).

3.8 – OFICINA DE CULINÁRIA SUSTENTÁVEL

A atividade gastronômica gera grandes impactos ambientais, devido a alta produção de lixo e o uso de matéria-prima vegetal e animal. A gastronomia sustentável é aquela que se preocupa com as fontes das matérias-primas utilizadas no preparo dos pratos, a fim de diminuir ao máximo os danos ao meio ambiente, contribuindo com o desenvolvimento regional. Para tanto o objetivo da oficina de culinária é contribuir para Segurança Alimentar e Nutricional dos indivíduos em situação de maior vulnerabilidade e atuar na redução do desperdício, mediante o desenvolvimento de ações educativas e promoção de solidariedade social no Estado de Goiás.

Contatos:

Coordenadora: Profª Ma.Helaine da Mota Santos Resplandes

Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4732198U9

Endereço: 1ª Avenida, 656 – Setor Universitário (Próximo à Área IV e ao Hospital das Clinicas).

Informações: 3946-1175/3946-1068

Email: helaineamb@yahoo.com.br