23ª Etapa

A AULA UNIVERSITÁRIA: REPRESENTAÇÕES, PRÁTICAS E DESAFIOS
Proposta de formação continuada para professores universitários – 2018-2
Cursos do Ano 2 do ENADE

(Inscreva-se)

APRESENTAÇÃO

      Essa é a 23ª Etapa do Programa de Formação Continuada de Professores e Gestores Acadêmicos, que buscará possibilitar aos professores universitários dos cursos de graduação da PUC Goiás repensar a sua prática docente, compreendendo que as transformações sociais, políticas e econômicas, que caracterizam a nossa contemporaneidade em seus diferentes níveis, impactam a sala de aula universitária e as relações estabelecidas entre os sujeitos envolvidos no processo de ensino e de aprendizagem, alterando, muitas vezes, os processos de conhecer e fazer acadêmicos, trazendo desafios cotidianos para o exercício do magistério no âmbito da universidade.

      Nesse sentido, o curso tem como objetivo, propiciar um espaço de reflexão coletiva para pensar caminhos teórico-metodológicos que visam contribuir para a superação dos desafios pedagógicos que a cada dia se intensificam no cotidiano da sala de aula universitária.

      No desenvolvimento dos momentos formativos serão contempladas, de forma articulada, tanto as especificidades do processo de ensino-aprendizagem que acontecem nos diferentes cursos de graduação, como as questões mais gerais que perpassam esse processo, no âmbito da universidade. Os conteúdos e métodos, temas e procedimentos, elementos intrínsecos ao processo de ensino-aprendizagem, serão trabalhados de forma articulada em quatro eixos temáticos (Plano de Ensino, Avaliação da Aprendizagem, Metodologias Ativas, Atividade Externa da Disciplina), que acontecerão no formato de Colóquios pedagógicos.

EMENTA

As dimensões da sala de aula universitária. As concepções, práticas, níveis e etapas do plano de ensino. A avaliação: concepções e práticas interdisciplinares. Metodologias Ativas: desafios e práticas. Atividade Externa da Disciplina: possibilidade de exercício da pesquisa.

ORGANIZAÇÃO

Nosso curso está organizado em duas etapas de três horas-aula cada uma, somando um total de seis horas-aula, distribuídas em dois momentos (12 a 20set). Os encontros em cada uma das etapas foram estruturados visando favorecer a interlocução entre as pesquisas e discussões teóricas do campo educacional do ensino superior e as experiências vivenciadas pelos docentes no seu cotidiano profissional de forma a provocar debates e reflexões transformadores da prática educativa e, ainda, a ampliação das possibilidades de solução para os problemas, questões e desafios que emergem do cotidiano da prática docente.

1ª ETAPA – Conferência: A aula universitária
Prof. Sônia Margarida Gomes Sousa

Data: 12set (quarta-feira) – Matutino das 8h às 11h
Local: Área VI, Auditório

Data: 18set (terça-feira) – Vespertino das 14h30 às 17h30
Local: Área IV, Auditório

Vagas: 300 (para cada dia)
Modalidade: Presencial
Carga horária: 3 horas

Esta etapa tem como objetivo suscitar a reflexão coletiva sobre as dimensões da aula universitária e dos desafios que se apresentam ao professor como mediador dos conhecimentos a serem ensinados e aprendidos e ainda abordar as questões relativas à organização do processo de ensino-aprendizagem e aos sujeitos desse processo.

Conteúdos:
– O professor universitário hoje
– A dimensão do ensino e sua intencionalidade formativa
– Características da aula universitária
– Quem ensina e quem aprende: os sujeitos do processo
– Autonomia e dialogicidade em movimento na aula
– Autoridade e alteridade no cotidiano das relações
– A dimensão ética do trabalho docente

2ª ETAPA – Colóquios com temáticas variadas (Professores convidados pela CAP)
3 horas/1encontro à escolha do professor dos dias 17 a 20 de setembro

Serão disponibilizadas 50 vagas para cada colóquio, que ocorrerão em três turnos consecutivos: matutino das 8h às 11h, vespertino das 14h30 às 17h30 e noturno das 18h às 21h. Cada colóquio apresenta uma temática específica que o professor escolhe em acordo ao seu interesse ou necessidade.

Colóquio 1 – Concepções, práticas e constituição do plano de ensino
Professores: Rodrigo Fidelis
Datas e horários: Turma 1: 17set/Segunda-feira das 18h as 21h
Local: Área IV, Sala Multiuso 1
Vagas: 50
Modalidade: Presencial
Carga horária: 3 horas

Nesse colóquio, o eixo norteador das discussões consistirá em pensar sobre o planejamento educacional nos seus diferentes níveis (plano de ensino e plano de aula) e suas implicações para a prática docente cotidiana.

Conteúdos:
– Concepção de planejamento
– Princípios e finalidades do planejamento
– Tipos de planejamento
– Articulação entre os elementos constitutivos do plano de ensino
– Elaboração de objetivos (gerais e específicos)
– A organização dos conteúdos (conceituais, atitudinais e procedimentais)
– Metodologia: caminho para pensar a aprendizagem?
– Avaliação como processo

Colóquio 2 – Atividade Externa da Disciplina: possibilidade de exercício prático-reflexivo e de pesquisa
Professores: Maria Rita Santana
Datas e horários: Turma 1: 19set/Quarta-feira das 18h as 21h; Turma 2: 20set/Quinta-feira das 8h às 11h; Turma 3: 20set/Quinta-feira das 14h30min às 17h30min
Local: Área IV, Sala Multiuso 2/Noturno e Sala Multiuso 1/Matutino e Vespertino
Vagas: 50
Modalidade: Presencial
Carga horária: 3 horas

Nesse colóquio, a discussão deverá buscar possibilidades para pensar a Atividade Externa da Disciplina como exercício de pesquisa e interlocução do componente curricular com a área de atuação profissional do acadêmico.

Conteúdos:
– Por que as Atividades Externas da Disciplina existem na PUC Goiás?
– Princípios norteadores
– Concepção e definição de pesquisa
– Possibilidades de exercício da pesquisa
– A estruturação e aplicação das Atividades Externas da Disciplina

Colóquio 3 – A avaliação da aprendizagem: concepções e práticas interdisciplinares
Professor: Antônio Evaldo Oliveira
Datas e horários: Turma 1: 17set/Segunda-feira das 8h às 11h; Turma 2: 19set/Quarta-feira das 14h30min às 17h30min; Turma 3: 20set/Quinta-feira das 18h as 21h
Local: Área IV, Sala Multiuso 1/Matutino e Noturno e Sala Multiuso 2/Vespertino
Vagas: 50
Modalidade: Presencial
Carga horária: 3 horas

Nesse colóquio, o eixo norteador das discussões será a avaliação da aprendizagem em suas diferentes dimensões (plano de ensino e plano de aula) e suas implicações para a prática docente cotidiana.

Conteúdos:
– Concepções e tipos de avaliação
– Princípios norteadores da avaliação da aprendizagem
– Finalidade da avaliação (conhecer, refletir, planejar, agir)
– Avaliação e interdisciplinaridade
– Funções do processo avaliativo (diagnóstico, formativo e somativo)
– A organização dos instrumentos avaliativos
– Elaboração de questões de provas
– Avaliação da aprendizagem como construção do saber

Colóquio 4 – Metodologias Ativas: desafios e práticas
Professor: Wanderson Rainer Hilário de Araújo
Datas e horários: Turma 1: 17set/Segunda-feira das 14h30 as 17h30

Professora: Luciana Leite Pineli Simões
Datas e horários: Turma 2: 19set/Quarta-feira das 8h às 11h

Local: Área III, Sala 211, Bloco F
Vagas: 50
Modalidade: Presencial
Carga horária: 3 horas

Nesse colóquio, a discussão deverá contribuir para uma compreensão mais profunda sobre as Metodologias Ativas de Aprendizagem, visando facilitar a sua compreensão no contexto dos cursos de graduação e incentivar os docentes a uma revisão de práticas tradicionais de ensino e aprendizagem.

Conteúdos:
– Concepção e definição
– Por que as metodologias ativas no ensino superior?
– Princípios norteadores
– Possibilidades de aplicação
– Aprendizagem baseada em problemas
– Aprendizagem baseada em projetos
– A estruturação e aplicação das metodologias ativas

      Nessa perspectiva, os dois momentos formativos se caracterizarão como espaços/tempos que propiciarão a reflexão sobre o que está sendo realizado na sala de aula e na universidade. A proposta de trabalho para esses encontros dar-se-á no formato de Conferência e Colóquios em que a ênfase será na relação prática-teoria-prática, em consonância às situações didáticas cotidianas do ensino superior.

      Cada um dos encontros – Conferência e Colóquios – deverá ser organizado a partir de três momentos imprescindíveis: 1) Sensibilização do grupo para a temática em pauta a partir de uma dinâmica de grupo apropriada; 2) Desenvolvimento da temática a partir de estratégias didáticas diferenciadas e 3) Síntese e avaliação do trabalho realizado naquele encontro. Cada Colóquio deve utilizar estratégias e procedimentos diversificadas, buscando exercitar um processo ensino-aprendizagem dinâmico, participativo, critico e criativo com os docentes.

AVALIAÇÃO DO CURSO/MOMENTO FORMATIVO

      Compreendendo a avaliação como dimensão indispensável em qualquer espaço/momento de formação, aqui se faz necessário pensar uma forma de feedback dos envolvidos no processo formativo. Assim, propõe-se a aplicação de um questionário objetivo e específico a ser preenchido individualmente pelos participantes ao final dos momentos formativos.

BIBLIOGRAFIA GERAL

ANASTASIOU, Lea das Graças Camargos. Metodologia do ensino superior: da prática docente a uma possível teoria pedagógica, Curitiba, IBPEX, 1998.

CASTANHO, Sérgio, CASTANHO, Maria Eugênia. Temas e textos em metodologia do ensino superior. Campinas: Papirus, 2001.

CUNHA, Maria I. O professor universitário na transição de paradigmas. Araraquara, JM, 1998.

PIMENTA, Selma Garrido, ANASTASIOU, Lea das Graças Camargo. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez, 2002, 2 vol.