O Curso

O Curso de Licenciatura em Geografia da PUC Goiás tem por objetivo formar professores devidamente habilitados a desenvolver trabalhos de ensino, de pesquisa e de aplicação técnica à área ambiental.

Assim, o profissional da Geografia deverá saber usar em seu trabalho (ensino, pesquisa e atividades de aplicação técnica) conhecimentos de investigação científica adquiridos na formação acadêmica, a partir de princípios, métodos e técnicas da Ciência Geográfica.

O curso de licenciatura da PUC GOIÁS, é alicerçado numa sólida base humanística, ética e democrática. Para tanto, é indispensável uma ampla formação cultural e científica que propicie ao futuro professor a compreensão crítica e rigorosa da realidade social e educacional na qual vai atuar.

Contatos com a Coordenação:
Coordenador (a): Profa. Ângela Dantas F. Santos
e-mail da coordenação: angela_dantas1@hotmail.com
Fone: 39461648
Horário de atendimento: noturno

Contatos com a Escola de Formação de Professores e Humanidades:
Diretor (a): Profa. Clélia Brandão Alvarenga Craveiro
E-mail do Departamento: efphpucgo@gmail.com
Fone: 39461671
Horário de atendimento: matutino, vespertino e noturno

Diferencial

Oferecido na Escola de Formação de Professores e Humanidades, o curso de Geografia dá atenção total à formação docente, estruturada em sete módulos com temáticas específicas: Natureza, Sociedade e Meio Ambiente, Geotecnologia e Educação, Espaço Mundial, Espaço Urbano, Espaço Rural e Espaço Goiano. A teoria e a prática, indissociáveis desde o início do curso, permeiam toda a formação docente, respaldando a produção e comunicação do conhecimento e o processo de ensino-aprendizagem. Além disso, a interdisciplinaridade e a indissociabilidade de ensino, pesquisa e extensão constituem-se prática permanente nesse ambiente de ensino, objetivando contextualizar os futuros espaços e práticas do ensino, da escola e da profissão.

Histórico

O curso de Geografia foi criado no ano de 1949, juntamente com o surgimento da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras e, no ano de 1952, foi reconhecido pelo Decreto nº 30.588. Nessa época, o curso de Geografia, juntamente com os cursos de História, Pedagogia e Letras, era vinculado à Faculdade de Filosofia, enquanto instituição isolada do ensino superior. Somente em 25 de outubro de 1959 foi criada e reconhecida pelo Decreto nº 47.041, de 17 de outubro de 1959, a Universidade de Goiás, primeira denominação da Pontifícia Universidade Católica de Goiás – PUC Goiás. A Universidade de Goiás foi a primeira instituição de nível superior fundada no Centro-Oeste brasileiro. Portanto, o curso de Geografia foi o primeiro curso do centro-oeste.

Em seus mais de 50 anos de existência, o curso de Geografia, sofreu várias modificações, em razão das transformações ocorridas no campo específico de conhecimento e de suas implicações na preparação dos profissionais de Geografia, assim como das deliberações do Ministério da Educação (MEC) e da própria Pontifícia Universidade Católica de Goiás.

Formação Científico-Tecnológica
 Formação Crítico-Humanística

O curso é norteado por conceitos que visam formar profissionais que compreendam a atual dinâmica das transformações pelas quais o mundo passa. As novas tecnologias, os novos recortes de espaço e tempo, com a predominância do instantâneo e do simultâneo, as complexas interações entre as esferas do local e do global afetando profundamente o quotidiano das pessoas, exigem que a Geografia procure caminhos teóricos e metodológicos capazes de interpretar e explicar esta realidade dinâmica.

Mercado de Trabalho

O curso de graduação em Licenciatura em Geografia da Pontifícia Universidade Católica de Goiás proporciona oportunidades para ingressar no ensino, como professor de Geografia nos níveis fundamental e médio. Com formação continuada por meio de cursos de pós-graduação lato sensu (especialização) e stricto sensu (mestrado e doutorado), ainda é possível que esse profissional atue no ensino superior.

Além dessas opções, o profissional licenciado em Geografia pode desenvolver pesquisas relativas tanto ao ensino como à área ambiental, subsidiadas por agência de pesquisas e órgãos específicos.