O Curso

O curso de graduação em Enfermagem é realizado de segunda à sexta-feira, proporcionando aos estudantes o aprendizado por meio de aulas teóricas, laboratórios, teórico-práticas, estágios supervisionados (Internato I e II) e visitas técnicas realizados nos espaços da PUC e em vários cenários de práticas da rede pública e privada.

O Profissional Enfermeiro, Egresso da PUC Goiás, apresenta como perfil e construção do domínio do conhecimento, vivências e práticas: formação geral para o exercício profissional eticamente rigoroso, cientificamente fundamentado, tecnicamente preciso, socialmente compromissado e humanisticamente orientado.

Contatos com a Coordenação

Coordenador (a): Profa. Vanusa Claudete Anastácio Usier Leite
E-mail da coordenação: enfermagempucgoias@gmail.com
vanusaclaudete@gmail.com
Fone: (62) 3946 1363
Horário de atendimento: Segunda-feira, das 9h30min. às 11h30min. e das 17h30min. às 18h:30min.
Terça-feira, das 9h às 11h30min.
Quarta-feira, das 10h30min. às 11h30min.
Quinta-feira, das 14h às 18h.

Contatos com a Escola

Diretor (a): Prof. Dr. Renato Alves Sandoval
Secretário (a): Marilene Maria Alves de Assis (Titular)
Maria Messias de Lima Cirqueira (Adjunta)
E-mail da Escola: ecisspucgoias@gmail.com;
eciss@pucgoias.edu.br
Fone: (62) 3946 1095
(62) 3946 1096
Horário de atendimento: Segunda a Sexta-feira, das 8h às 12h e das 17h às 21h

Diferencial

O  Curso de Graduação em Enfermagem da PUC Goiás foi o primeiro curso da área da saúde da região Centro-Oeste, com uma história consolidada desde 1941 pautada pelo cuidado à vida, pela competência técnica e os preceitos éticos na busca de uma sociedade justa, fraterna e livre. Os profissionais formados na PUC Goiás têm ocupado espaços de trabalho em várias áreas de atuação e em diversas regiões do território nacional e internacional. O currículo vigente é compatível com os currículos desenvolvidos na Europa e América, favorecendo a inserção do enfermeiro graduado na PUC GOIÁS no mercado de trabalho internacional. Utilizando a Metodologia da problematização desde 2006, favorecendo o contato do acadêmico com a comunidade desde o primeiro ciclo.

Histórico

O Curso de Graduação em Enfermagem da Pontifícia Universidade Católica de Goiás existe há setenta e quatro anos. Desses, o período de 2006 a 2012 foi marcado por uma nova fase no curso devido à mudança de currículo, o que significa, mais uma vez, a consolidação de uma história ao imprimir uma dinâmica à estrutura do curso, aos seus professores, aos alunos e aos funcionários, que ao serem mediatizados pelas determinações das circunstâncias fazem a história do Curso de Enfermagem e registram seu papel na PUC Goiás  e na sociedade brasileira.

Formação Científico-Tecnológica

A formação prática é fundamentada com o objetivo de assegurar o aprendizado integrado ao aluno entre teoria aplicada na sala de aula, atividades de pesquisas bibliográficas e de campos de estágio, atividades de extensão comunitária, intervenções preventivas e curativas, nas diferentes áreas de atuação, interdisciplinaridade e Inter departamentalização e compromisso com a ética e a transformação social no processo de formação profissional e a construção da cidadania.

 Formação Crítico-Humanística

O curso de Graduação em Enfermagem foi criado há 68 anos, sendo o primeiro da área da saúde no Estado de Goiás. O curso, com 4.290 horas, fornece as bases tecnológicas, científicas, ideológicas instrumentais necessárias à formação inicial do Enfermeiro, além de propiciar os conhecimentos culturais, científicos, técnicos, tecnológicos, éticos, sociais e políticos para construção e desenvolvimento das competências e habilidades expressas no perfil dos futuros Enfermeiros. O projeto pedagógico é atual, cuja estrutura curricular permite a integração horizontal e vertical, especialmente, através da Atividade Integradora de cada Módulo, que promove a socialização e integração do conhecimento, habilidades, atitudes e competências adquiridas no decorrer das atividades teóricas, teórico-práticas e estágios supervisionados (modalidade de Internato I e II) no último ano do curso.

Mercado de Trabalho

O Mercado de Trabalho para o enfermeiro é amplo, ousado e em constante crescimento. Seu nível de complexidade é de natureza coletiva e interdependente, o que demanda a participação de profissionais com níveis diferenciados de formação e produção constante de novos conhecimentos para aplicar no desenvolvimento de funções autônomas e em equipe em: hospitais, ambulatórios, clínicas, unidades básicas de saúde, indústrias, creches, escolas, clínicas de enfermagem independentes, transporte aero-médico e rodoviário, centros de pesquisas, informática, auditoria, comércio de produtos farmacêuticos e médico-hospitalares, docência em enfermagem, clubes, aeroportos dentre outros.