O Curso

O curso de Ciências Biológicas possui uma visão generalista sobre a biodiversidade e sua organização em diferentes níveis, bem como suas relações filogenéticas e evolutivas, de modo a estabelecer uma integração com o meio em que vivem. Esta formação promove ainda o entendimento do processo histórico de construção do conhecimento na área biológica, contemplando o significado das Ciências Biológicas para a sociedade e sua colaboração responsável nos vários aspectos de sua atuação, desenvolvendo competências e habilidades.

Contatos com a Coordenação:
Coordenador: Prof. Dr. Jales Teixeira Chaves Filho
e-mail: jales.bio@pucgoias.edu.br
Fone: (62) 3946 1768
(62) 3946 1765
Horário de atendimento: das 8h às 12h e das  17h às 21h

Contatos com a Escola de Ciências Agrárias e Biológicas:
Diretor: Prof. Dr. Cláudio Carlos da Silva
Secretário: Pedro Ferreira Londe
e-mail: ecab@pucgoias.edu.br
Fone: (62) 3946 1702
(62) 3946 1714
Horário de atendimento: segunda a sexta, das 7h às 12h e das 13h às 22h

Diferencial

O curso de Biologia forma profissionais aptos a desempenhar atividades relacionadas com o manejo da fauna e flora regional, dentro de programas de pesquisa, nos parques ecológicos e em reservas biológicas.
A matriz curricular do curso de biologia propicia a formação de um biólogo atualizado e melhor preparado para um competente desempenho profissional, que considere, em especial, o compromisso com a vida e o equilíbrio ecológico.
O biólogo formado pela PUC Goiás enfatiza as áreas de botânica, genética e biologia molecular, zoologia, ecologia e ciências da terra.
O curso apresenta um grande número aulas práticas, ministradas por professores qualificados, sendo 100% do núcleo docente permanente formado por mestres (45%) e doutores (55%). Com uma formação sólida, o profissional formado pelo BIO/PUC Goiás estará apto a atuar:

• No diagnóstico das condições ambientais, visando à elaboração de estudos e relatórios sobre o meio ambiente;
• Em instituições de pesquisa/ensino, atendendo à demanda dos programas internacionais, nacionais ou regionais de pesquisa;
• Em instituições de fiscalização, vigilância e sistematização de controles ambientais.


Histórico

O curso de Biologia da PUC Goiás teve sua origem no curso de História Natural, que foi criado em 1968 (Resolução no 01/68-COU, de 1/02/1968). Em 4/02/1969, o Parecer no 107/69-CFE estabeleceu o currículo mínimo dos cursos de Ciências Biológicas, prevendo duas habilitações (Modalidades Médica e Biológica) e substituindo o curso de História Natural.  Em 1969, a Resolução no 107/69-CFE fixou as normas para a oferta dos cursos de Licenciatura e Bacharelado em Ciências Biológicas.
O curso foi reconhecido pelo Decreto no 73.674/74-MEC de 18/02/1974. Em 1975 a Deliberação no 04/75-COU da PUC Goiás aprovou os currículos das habilitações previstas pelo CFE.
Inicialmente, funcionava no Departamento de Ciências Biológicas e Geociências. Com a reforma curricular apontada pelo CFE, foi criado em 1974 o Departamento de Ciências Biológicas e Biomédicas, que abrigava a oferta dos cursos de Biologia e Biomedicina, que funcionavam no mesmo espaço físico. Em 1992, foi criado, também no CBB, o curso de Zootecnia.
A diversidade de formação e a preocupação com a excelência da qualidade de seus cursos, o Colegiado do CBB propôs ao COU a separação do CBB em três unidades distintas: CBB, BIO e ZOO, que se responsabilizariam pelos cursos de Biomedicina, Biologia e Zootecnia, respectivamente. Assim, desde 1996, a oferta dos cursos de Bacharelado e Licenciatura em Biologia tem sido feita pelo Departamento de Biologia.


Mercado de Trabalho

A Resolução no 227/2010 de 18/08/2010 dispõe sobre a regulamentação das Atividades Profissionais e das Áreas de Atuação do Biólogo. Dessa forma o bacharel em Biologia poderá atuar nas áreas: meio ambiente, biodiversidade, saúde, biotecnologia e produção.
O exercício das atividades profissionais e técnicas, vinculadas às diferentes áreas de atuação do biólogo, fica condicionado ao currículo efetivamente realizado ou à pós-graduação lato sensu ou stricto sensu na área ou experiência profissional comprovada.
Detalhamento da prática profissional e da legislação que a regula pode ser encontrado na página eletrônica do Conselho Regional de Biologia – 4a Região (http://www.crbio4.org.br/).
Em função da matriz curricular cursada, os bacharéis em Biologia, formados pela PUC Goiás, podem requerer a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) de todas as atividades desenvolvidas nas áreas de Meio Ambiente e Biodiversidade e/ou Biotecnologia e Produção, conforme a Resolução no 11/2003-CFBio. Portanto, os Biólogos poderão propor, executar, coordenar, supervisionar e orientar estudos, projetos, pesquisas, serviços, assessorias, consultorias, perícias, pareceres e laudos técnicos.


Formação Científico-Tecnológica

Os pressupostos curriculares orientam a formação de biólogos pela PUC Goiás, como também explicita os objetivos e a matriz curricular deste curso. Nesse sentido, visa a formação de profissionais biólogos com ênfase na diversidade biológica do cerrado, com abordagens biotecnológicas. A experiência do Departamento de Biologia, aliada às diretrizes do Ministério da Educação e do CFBio, permitiu a elaboração de uma proposta inovadora, que apresenta um curso de Ciências Biológicas contextualizado, contemporâneo, transdisciplinar, interdepartamental e permeado por atividades acadêmicas teórico-práticas, garantindo uma formação humanística, pedagógica e específica do egresso.

Nesse sentido, busca-se uma sólida formação básica interdisciplinar e multidisciplinar, que atenda as exigências do perfil do profissional em Ciências Biológicas. O curso se compromete com o estabelecimento de tratamento metodológico do ensino para a produção do conhecimento, vinculado a atividades que promovam pesquisa e extensão.

Tais atividades de formação se referem tanto a atividades curriculares quanto extracurriculares, como desenvolvimento de iniciação científica, estágios, monitorias, atividades de extensão, intercâmbios com outras instituições de ensino superior e a elaboração de trabalho de conclusão de curso.


Formação Crítico-Humanística

As práticas na formação do profissional biólogo da PUC Goiás visam à formação acadêmica integral com uma proposta fundamentada nos princípios orientadores da formação acadêmico-profissional, com ênfase no desenvolvimento omnilateral do educando. Propõe conciliar o progresso técnico, científico e pedagógico com os avanços do conhecimento, orientados em uma perspectiva humanista e cristã.

O Departamento de Biologia da Pontifícia Universidade Católica de Goiás forma biólogos capazes de contribuir para a compreensão e produção do conhecimento na área específica das ciências biológicas. O curso assegura a todos os acadêmicos o domínio dos fundamentos teóricos básicos das ciências biológicas que integram o currículo, concomitantemente ao seu tratamento metodológico, desenvolvendo ações para uma educação que vise à formação cidadã, com ampla capacidade de transformação social.